images (1)

Na segunda metade do século XIX, Louis Paster obteve a prova de que os micróbios e as bactérias eram letais e agravadores de doenças, o que tornou inquestionável a necessidade de esterilização e de limpeza nos ambientes hospitalares, bem como a utilização de roupas claras pela classe médica, a fim de facilitar a visualização de manchas, sujeiras, respingos de sangue, entre outros. A partir do final deste século, o uso do uniforme médico branco se tornou mais frequente, inclusive, em obras de arte.