Friozinho batendo lá fora, é hora de resgatar os casacos mais pesados e poderosos do fundo do armário. As jaquetas e roupas de couro e camurça, boas para um aquecimento imediato, resistem aos modismos, mas padecem com os maus tratos. Conservar as peças exige cuidados e, como nem todo mundo sabe como proceder, o resultado são manchas, mofo e, nos casos mais graves, a aposentadoria compulsória da roupa.

“Limpezas convencionais, domésticas ou por lavanderias não especializadas podem danificar a peça irreversivelmente, com ressecamento, endurecimento, encolhimento e desbotamento”, explica Maria Alzira Linares, diretora executiva da Lavasecco , rede de lavanderias que oferece um serviço especial para cuidar de couro.

A pele animal fresca contém cerca de 75% de umidade, sendo altamente perecível e suscetível a ataques de bactérias que a destroem. O processo de torná-la uma matéria-prima para confecção de vestuário, calçados e outros fins consiste em ‘curtir’ a pele. A limpeza com água vai fazer o caminho inverso do tratamento do curtume, umedecendo a pele e liberando o processo de deterioração por meio da proliferação dos fungos e bactérias.

 

jaquetas-couro-coloridas

ROUPAS DE COURO