Linha_de_Jeans_Gestante_da_Zazou_Inv_09_131

Trabalhadoras grávidas enfrentam uma série de mudanças na rotina, mas boa parte delas continua indo até o local de trabalho muitas vezes mesmo poucos dias antes do parto. Para reduzir o impacto no orçamento familiar, uma empresa de Campinas começou a oferecer uniforme para grávidas e já registra aumento nas vendas.

Em geral, as gestantes já possuem gastos em média até 60% mais altos com roupas especiais para o dia a dia e se tiverem que comprar modelos também para o trabalho podem aumentar em até três vezes o número de peças necessárias.

“Nesse período da vida que já exige um planejamento financeiro maior, essa compra pode representar um desgaste grande para as famílias”, diz Lucas Kolokathis, proprietário da Hermitex, empresa de confecção de uniformes, que no final do ano passado começou a oferecer também a linha de modelos para gestantes.

Segundo ele, além de pesquisas com os próprios empresários que já compram uniformes para equipes, foram ouvidas também gestantes de várias idades para definir quais os melhores modelos e tecidos para as roupas.

“A moda gestante tem muitas opções novas, mas de uniforme quase não existe, e se você for adaptar uma roupa para o modelo de uniforme fica muito caro, então decidimos cuidar de todo o processo e o resultado tem sido positivo”, conta, afirmando que vendas cresceram, mas sem revelar números.

“Nos últimos anos, aumenta o número de grávidas que ficam no trabalho por mais tempo; era preciso aumentar também as possibilidades para elas”, diz o empresário, que quer chegar ao varejo este ano.