BIOTIPO INVESTE EM DENIM PARA O INVERNO

BIOTIPO INVESTE EM DENIM PARA O INVERNO

A Biotipo investe mais forte no denim para as coleções de inverno e alto inverno de 2015, que contam com 600 modelos ao todo. “Na coleção de inverno entramos em uma espécie de resgate das raízes denim”, afirma a supervisora de marketing da empresa, Marcella Ciasca. O tecido aparece em 90% dos modelos e a sarja nos outros 10%. Em destaque, as cores azul e preto, e nas formas, as calças e jardineiras. Nos beneficiamentos, o uso do laser, os ralados, os efeitos vintage, os trabalhos em corrosão e estampas em silkscreen. O estilo desgastado segue forte na empresa, bem como a alfaiataria com os bolsos faca, a calças flare e a cintura alta. Detalhes em pelúcia e muitos acessórios, como cintos laterais, complementam as peças, informa Marcella. A coleção de verão, que está nas lojas, também conta com 600 modelos, 200 especialmente voltados para o alto verão. São 70% calças, e 30% peças curtas. O denim está presente em 70% dos modelos. As lavagens médias e claras predominam, além das detonadas. Aproximadamente 5% das peças são estampadas usando recursos de sublimação e silkscreen. O foco principal da marca é o público feminino, para o qual destina 70% da produção. Para 2015, a Biotipo tem quatro coleções. A coleção de inverno será lançada em março e a de alto inverno, em maio. A coleção de verão deve chegar às prateleiras em setembro e, em novembro, é a vez do alto verão. A marca está atualmente em 15 mil pontos de venda espalhados por todo o Brasil e mantém três lojas próprias na região do Brás, na capital paulista. Para...
SAIBA A FORMA CORRETA DE PASSAR SEU UNIFORME

SAIBA A FORMA CORRETA DE PASSAR SEU UNIFORME

PASSAR SEU UNIFORMES OU UMA  CAMISA SOCIAL,PODE SER UMA TAREFA MUITO DIFÍCIL PARA ALGUMAS PESSOAS ,DEVIDO ALGUNS TECIDOS SEREM DIFÍCEIS ,NO SEU MANEJO JUNTO AO FERRO DE PASSAR ,QUE É O CASO DE ALGUMAS (TRICOLINES )Ninguém gosta de fazer os serviços domésticos e infelizmente não podemos fugir deles. Passar roupa entra no top da chatice e dor nas costas, nunca parece estar passada direito e muitas vezes só lembramos de passar na hora que estamos atrasados ou morrendo de sono. POR RISSO DESENVOLVEMOS  UMA TUTORIAL PARA VOCÊ QUE TEM DIFICULDADE DE PASSAR SEU UNIFORMES ,OU SUA CAMISA SOCIAL,DE MODO FACIL VOCÊ PODERÁ PASSAR SUAS CAMISAS COM FACILIDADE EM 6 PASSOS ....
SANTANENSE INVESTE NO DENIM

SANTANENSE INVESTE NO DENIM

A Santanense investiu na melhoria de textura e da aparência de seus tecidos denim, e nas cores mais intensas, para a coleção verão 2016. Para trabalhar efeitos como os detonados, a empresa traz o índigo de 12oz em 100% algodão, o DND Corvos. Também só em algodão, com peso de 10oz e cores de índigo mais intensas, desenvolveu o DND Dracena e o DND Hydra. Entre os elásticos, a tecelagem lança o denim DNS Caroli e o DNS Carina, mantendo a tendência de cores intensas combinadas a acabamento com resina para dar toque flat ao tecido, conferindo maior brilho. Depois de lançar seu tecido tipo malha no índigo, a Santanense levou o conceito para os coloridos, com o Saint Moritz. “É um tecido versátil que pode ser trabalhado com uma proposta mais social ou mais despojada, de acordo com a modelagem, garantindo conforto e praticidade”, diz Eleonora França, gerente de marketing da Santanense. Na linha de coloridos, a empresa ampliou a oferta de produtos com alta elasticidade e trabalha forte nos estampados, tanto no processo convencional quanto nos tecidos para sublimação. São duas coleções de tecidos para sublimação, uma com 30 estampas pode ser adquirida em qualquer metragem e outra, com cem estampas, que o cliente pode escolher o padrão e ter com exclusividade, mediante pedido mínimo. Em estamparia convencional a Santanense traz 80 novos desenhos para tecidos com elastano, rígidos ou denim e que utilizam processos diversos, como corrosão, pigmento ou desbotável. No foco da nova coleção, se destacam ainda os superelásticos, tanto para o denim como para os coloridos, com power superior a 60%, o DNS Solaris...
CONHEÇA AS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DA MALHA PV

CONHEÇA AS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DA MALHA PV

A MALHA PV ELA É COMPOSTA DE POLIÉSTER E VISCOSE ,SEUS FIOS UNIDOS PROPORCIONAM UM MAIOR CONFORTO PARA QUEM OS USA.A MALHA PV OU POLI VISCOSE É MUITO USADA EM COLÉGIOS E ESCOLAS POIS PROPORCIONA UMA CONFORTO MAIOR E  NÃO ESQUENTA TANTO.desenvolvida com fio sintético. Apresenta uma composição de 67% poliéster e 33% de viscose, proporcionando um produto leve, confortável, versátil e macio. Viscose é uma fibra artificial de celulose, fabricada a partir de cavacos de madeira de árvores pouco resinosas ou do línter da semente do algodão. É formada uma pasta celulósica que por extrusão em fieiras e com o contato de outras soluções é feita a fibra. Em 1905, a Courtauld’s começou a produzir raiom de viscose. A viscose é utilizada em malhas, vestidos, casacos, blusas e trajes desportivos. Também conhecido como Seda Javanesa (em mistura com o acetato) E É POR SUA CAUSA QUE A CAMISA TEM UM TOQUE TÃO MACIO E...
TEAR TÊXTIL VEM COM ESTAMPAS E CORES NO VERÃO

TEAR TÊXTIL VEM COM ESTAMPAS E CORES NO VERÃO

A Tear Têxtil aproveita a flexibilidade de ser uma empresa verticalizada, com processo de fiação, tecelagem, acabamento e estamparia dentro de casa, e foca na versatilidade dos tecidos para a coleção do verão 2016. Na linha Conect Color, destaque para o Dye Color, um artigo PT com estampas que são reveladas no processo de lavanderia, criando efeito tom sobre tom. Da mesma família, o Fox Manchester é um 8oz desbotável, que permite obter efeitos vintage. No denim, novas tonalidades e estampas ampliam a linha. O Fantastic, um dos principais produtos da empresa, com largura de 1,70 metro, chega à estação em versão 3×1, com 6oz e, além do blue, traz os tingimentos dark, gray e over black. “O preto continua forte no verão, e o Fantastic Over Black é um puro preto, com 10oz, opaco e que propicia diferentes efeitos secos nos beneficiamentos, como estonados ou lixados local, podendo obter também tons acinzentados”, afirma Telma Mendonça, gerente de marketing da Tear. A coleção abrange, ainda, o Galant Flex é um power, de 10oz, com 80% algodão, 18% poliéster e 2% elastano; e o Lugano, tecido 100% algodão, com 11 oz. Em diferentes estampas, o Print Denim é um artigo rígido de 6oz, assim como o Magic Print cuja estampa se revela local ou totalmente nos processos de beneficiamento, de acordo com o efeito desejado pelo estilista. E, seguindo a tendência de brilho, a empresa lança para a estação o Tecblue, de 9oz, com elastano na composição e brilho intermediário mediante a aplicação de resina brilhante. A Tear Têxtil lança também nesta estação o catálogo Vitale para o qual produziu...
TECIDO DE ALGODÃO X POLIESTER

TECIDO DE ALGODÃO X POLIESTER

Olha, quase tudo que a gente adquire – em peças de roupa – é feito de tecido. Então é bem esperto de nossa parte conhecer tipos de tecidos e saber das propriedades (boas e ruins) de cada um, não é mesmo? Conhecendo, a gente consegue avaliar o que vale mais e o que vale menos, quando usar cada tipo desse materiais e mais. Todo tecido pode ser feito com fibras naturais ou artificiais/sintéticas. As fibras naturais são o algodão, o linho, a lã e a seda – só. Esses tecidos são bem confortáveis e flexíveis, duráveis, resistentes, de toque agradável, práticos de manter e todos “respiram” (não dão cheirinho ruim!); mas amassam com mais facilidade e super podem desbotar com o tempo. Os tecidos feitos com fibras artificiais (tipo viscose, raion, acetato, poliéster, acrílico e nylon) secam muito rápido, são super resistentes e quase não amassam (ótemos para viagens), mas não absorvem a transpiração, dão cheirinho (ixi!) e queimam com super facilidade na hora de passar. * uma peça com maior quantidade de tecido natural sempre é mais fresquinha: no calor, mesmo peças escuras – se feitas em algodão, seda e afins – dão menos sensação de mointo quente do que as sintéticas (que fazem parecer que a gente se enrolou no plástico – nada fresquinho, néam?); e quanto mais tecido natural na composição, mais o valor cobrado pode ser justificado * uma peça com maior quantidade de tecido sintético é mais quente: então malhas feitas em fios artificiais, bem pro frião mesmo, super aquecem mais (e a gente sempre usa com camiseta de algodão por baixo!) e podem ser...